Translate

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018




DIA INTERNACIONAL
RESERVADO PARA ORARMOS UNS PELOS OUTROS.

Oremos:

Senhor nosso Deus e Pai, Criador de todo o Universo e tudo que nele contem.
Chegamos a ti neste momento para agradecer-lhe pela dom da vida, pelo alimento, pelo ar, pelo amor e felicidade que temos e ti por toda criação e também porque nos deste o vosso Filho Unigênito em sacrifício vivo para que todos nós pudéssemos alcançar a salvação eterna e o perdão de todos nossos pecados e novamente sermos chamados de teus filhos.
Rogamos a ti que venha o teu Reino e que possamos fazer a tua vontade hoje aqui na terra e eternamente no céu. E seja santificado o vosso nome para sempre entre nós.
Que atenda às necessidades básicas dos teus filhos nesse momento e por toda a vida. Cure as nossas feridas da carne e na alma, dê-nos paz e força para vencer as barreiras que surgem a todo instantes criadas pelo inimigo e pelos homens maus, egoísta e gananciosos cheios de malefícios. Que as doenças seja curadas segundo a sua vontade, que os males da ansiedade ou depressão que assolam este mundo não seja empecilho para continuarmos a seguir o vosso Filho o Senhor Jesus Cristo.
Olha pelos campos do refugiados e pelo sofrimento deles, dê-lhes paz e livramento, pelo que sofrem em hospitais, centros médicos ou em campos de batalha, dê-lhes a serenidade e conforto no Espirito para enfrentar as agruras desta vida.
Sabemos que até a volta de vosso santo Filho, o mundo passará por condições terríveis devido ao nosso inimigo e destruidor, Satanás, o diabo. Dai-nos força Senhor para suportar este últimos dias e continuarmos ser leais e fiéis a ti até que se cumpra os vossos desígnios de criar um novo mundo.
Senhor nosso Deus e Pai, colocamos diante de ti a minha vida, a minha família, todos os meus parente e amigos e todas as pessoas deste mundo que creem em ti, para que as abençoe e guarde todos os nossos caminhos. Nos fortaleça em nossas lutas e nos livre de todo o mal. Oramos a ti pelos méritos do vosso Santo Filho, o Senhor Jesus Cristo, nosso intercessor e mediador de nossas almas por toda eternidade.
Amém!


ORE SEMPRE POR VOCÊ MESMO E PELO SEU PRÓXIMO
LEIA A BÍBLIA
APRENDA MAIS
SALVE SUA ALMA

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018


Sintomas da Febre Amarela

Os sintomas da febre amarela surgem cerca de 3 a 6 dias após a picada de um mosquito Haemagogus Sabethes infectado com o vírus, sendo esta chamada de fase aguda da doença.
Depois da fase aguda, os sintomas podem desaparecer por 1 ou 2 dias, porém rapidamente surgem outros sintomas, mais graves, que podem levar à morte, dando origem à fase tóxica da febre amarela.
Se acha que pode estar apresentando os primeiros sinais de febre amarela, faça o nosso teste:

1. Dor de cabeça muito intensa
2. Febre acima de 38º C com calafrios
3. Sensibilidade à luz
4. Dores musculares generalizadas
5. Náuseas ou vômitos
6. Aumento do batimento cardíaco ou palpitações




Já numa fase mais avançados, podem surgir os sintomas da fase tóxica que são:
·          
·         Icterícia, caracterizada pela pele e olhos amarelos;
·         Dor abdominal;
·         Vômitos com sangue;
·         Sangramentos pelo nariz, boca e olhos;
·         Doença dos rins e do fígado;
·         Problemas cardíacos;
·         Convulsões.
A febre amarela não se transmite entre pessoas, sendo transmitida apenas pela picada do mosquito e, por isso, a única medida de prevenção para a febre amarela é através da vacinação. Veja quando deve ser feita a vacina contra febre amarela.

O que fazer em caso de suspeita

Em casos de suspeita de febre amarela é muito importante ir rapidamente a um pronto-socorro para fazer um exame de sangue e confirmar a presença do vírus. É também aconselhado não tomar nenhum medicamento em casa, pois podem conter substâncias que piorem os sintomas da doença.
Todos os casos de febre amarela devem ser sempre notificados para as autoridades sanitárias, pois esta é uma doença com alto risco de provocar um surto.


Como é feito o tratamento

O tratamento da febre amarela serve apenas para aliviar os sintomas da doença, pois não há nenhum tratamento para eliminar o vírus. Dessa forma, normalmente é feito com internamento no hospital para fazer remédios analgésicos e antitérmicos, como o Paracetamol, diretamente na veia, de forma a reduzir as dores e a febre.

Durante o tratamento, é muito importante evitar tomar medicamentos com ácido acetilsalicílico, como a aspirina, pois essa substância aumenta o risco de desenvolver hemorragias, que podem colocar em risco a vida.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018





PEQUENO INSETO, GRANDES FILAS.

Contraindicações para a vacina contra Febre Amarela


Com o recente surto de Febre Amarela se espalhando pelo Brasil, muitas pessoas estão com dúvidas em relação às contraindicações da vacina. Afinal, quem pode ser imunizado? Separamos aqui tudo que você precisa saber para informar seu paciente.
Segundo as recomendações do Ministério da Saúde, são contraindicações para realização da vacina contra Febre Amarela:
·          
·         Crianças menores de 6 meses.
·         Pacientes com imunodepressão de qualquer natureza.
·         Pacientes HIV+ com imunossupressão grave, com a contagem de células CD4 <200 células/mm3 ou menor de 15% do total de linfócitos para crianças menores de 6 anos.
·         Pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores).
·         Pacientes submetidos a transplante de órgãos.
·         Pacientes com imunodeficiência primária.
·         Pacientes com neoplasia.
·         Pacientes com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica).
·         Indivíduos com história de reação anafilática relacionada às substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina bovina ou outras).

Precauções gerais quanto à vacinação contra febre amarela:

– Nos casos de doenças agudas febris, moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro para que as manifestações da doença não sejam atribuídas à vacina.
– Nutrizes ou lactantes: deverão ser vacinadas aquelas que residem em locais próximos onde ocorreu a confirmação de circulação do vírus (epizootias, casos humanos e vetores). Deve- se apresentar à mãe opções para evitar o risco de transmissão do vírus vacinal pelo aleitamento materno, tais como:
·         Previamente à vacinação, praticar a ordenha do leite e manter congelado por 28 dias, em freezer ou congelador, para planejamento de uso durante o período da viremia, ou seja, por 28 dias ou, pelo menos por 15 dias após a vacinação.

Caso a ordenha não seja possível, encaminhar a mãe à rede de banco de leite humano. Nas demais, a vacinação deve ser evitada, ou postergada até a criança completar 6 meses de idade.
– Indivíduos com lúpus eritematoso sistêmico ou com outras doenças de etiologia potencialmente autoimune: devem ser avaliados caso a caso, tendo em vista a possibilidade de imunossupressão.
– Pacientes transplantados de células tronco hematopoiéticas (medula óssea) também devem ser avaliados caso a caso, considerando o risco epidemiológico. Caso se decida pela vacinação, deve ser respeitado o prazo mínimo de 24 meses após o transplante.

Referências:
·         BRASIL. Ministério da Saúde. Guia de vigilância em saúde [recurso eletrônico]. Brasília: Ministério da Saúde, 2016. Disponível em: <https://portalsaude.saude.gov.br/images/pdf/2016/agosto/25/GVS-online.pdf>
·         BRASIL. Ministério da Saúde. Manual de normas e procedimentos para vacinação. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.
·         BRASIL. Ministério da Saúde. Manual de vigilância epidemiológica para eventos adversos pós-vacinação. 3. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.
·         BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância em Saúde. Orientações para profissionais de saúde sobre febre amarela silvestre. Nota informativa nº 02/2017. Informa a situação epidemiológica da Febre Amarela e as recomendações para intensificação da vigilância no Brasil. Ministério da Saúde, 2017.
·         MONATH, T. P. Yellow fever. Waltham (MA): UpToDate, 2017. Disponível em: <https://www.uptodate.com/contents/yellow-fever>

Então Jesus Cristo continuou: "Porque nação levantará contra nação, e reino contra reino, e haverá grandes terremotos, fomes e epidemias de doenças em vários lugares da terra com grandes sinais acontecendo nos céus". Lucas 21: 10 e 11

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

FELIZ SÁBADO!
Paz, saúde e felicidades a todos!


“No princípio criou Deus os céus e a terra”. Gênesis 1:1

Simples assim como descreve a Bíblia Sagrada, no princípio Deus criou tudo, tudo por que Ele é Deus e pode fazer o que quiser, isso foge ao nosso entendimento porque também fomos criado por Ele.
Assim como um vaso de barro nunca vai entender como o oleiro lhe fez e para que foi feito, assim é com todos nós.
ISAÍAS 29:15 E 16
A Bíblia conta nossa história, da criação, perdição e a nossa eventual redenção se quisermos. O problema é crer em um Deus invisível que ninguém vê e ainda mais crítico e crer que Ele criou tudo, quando a oposição mostra supostas formulas cientificas que o nosso mundo e o universo foi criado de outra maneira, por amebas, explosões quânticas, caldo do não sei do que e por ai vai as especulações satânicas para desmerecer o Criador e a sua existência. Gênesis 1: 1 ao 31 e Gênesis 2: 1 ao 3
E todas as vezes que olho para as minhas mãos eu entendo que sou um projeto de um Ser altamente e infinitamente inteligente, pois vejo na minha mão os dedos e cada um com uma função e tamanho diferentes, as articulações e assim por diante nada na Natureza veio ou é por acaso, tudo tem um projeto definido e muito inteligente, principalmente o Homem que é uma das primas do Criador.   Ezequiel 37:5 e 6  
Voltando ao raciocínio inicial. Deus criou tudo em seis dias literais, porque assim diz as Escrituras, e eu creio firmemente nelas e no Sétimo dia Ele descansou, mas Ele antes abençoou e santificou este dia. Um dia, um feriado Universal que marca a sua criação de tudo que existe. A sua assinatura como Criador de tudo.
Um dia a ser lembrado semanalmente em todo universo, um dia que lhe reconhece como Criador, um dia de descanso assim como Ele descansou. Um dia também para Ele ser Santificado como Deus e ser adorado. Gênesis 2: 1 ao 3. -  Êxodo 35: 2 – Isaías 58:13 e 14 – Isaias 66:22 e 23**
Temos tantos feriados a pessoas e causas imerecidas e não guardamos o dia mais importante de todo Universo: O do Nosso Criador. Instituído pelo próprio Deus.
Muitas doutrinas e religiões manobradas pelo diabo dizem que Jesus aboliu toda a lei inclusive o sábado. Mateus 19: 16 ao 22.
Lembrem-se que antes de Deus dar a Lei aos Israelitas no deserto do Sinai, quando eles se revoltaram por falta de comida e o Criador lhes deu o Maná diariamente caído do céu, menos no Sábado não era provido o alimento, porque no céu também ninguém tem atividades no Dia Santo do Criador, na sexta-feira os israelitas recolhiam uma quantidade dobrada de Maná porque no dia seguinte não teriam era o Dia consagrado ao Criador, mesmo assim alguns teimosos iam ao campo buscar o alimento e não achavam nada. Êxodo 16: 1 ao 20 – Êxodo 16:26 ao 30**
E quando Deus deu a Lei a Moisés escrita por sua própria mão, O Todo Poderoso não disse: “Vocês devem guardar o Sábado” mas, disse:” Lembra-te do dia do Sábado para guarda-lo e santifica-lo”. Ora se era para ser lembrado, é porque já existia antes. Êxodo 20: 8 ao 11.
A profecia Bíblica disse que os mandamentos, dias, meses e anos seriam mudado por Babilônia a grande, morada de demônios, a casa do Diabo. Daniel 7: 25 e 26 – Apocalipse 14:8 – Apocalipse 17: 5,6, 9 e 18 – Apocalipse 18: 2 e 3 
E assim se sucedeu no 3º e 4º século da Era Cristã pela Igreja Católica Apostólica de Roma em seus Concílios, muitos não admitem mais é histórico e profecia anunciada e cumprida pela Palavra de Deus. Mudaram o Sábado da criação para o Domingo dia venerado ao Sol do paganismo Romano, pois a Igreja Católica mistura o paganismo com a verdade da Bíblia, e toda verdade misturada com a mentira e a doutrina de Satanás.
Exemplo disso é adoração de imagens, idolatria, como era nos tempos antes do cristianismo chegar em Roma, mudaram somente o nome dos ídolos, em nome de “santos” martirizados por eles próprios, mas a idolatria é a mesma e pior porque adoram seres semelhantes a eles mesmos, uma adoração pagã de mortos.
Outro motivo do Sábado ser suprimido no seu dia é porque acham que ele atrapalha a vida comercial e industrial, nas vendas e nos negócios de consumo porque já descansam em outro dia: O Domingo o dia do Sol e não dia do Criador.
Como diz as Escrituras: O mundo inteiro está sob o poder do Maligno. Desta forma até o calendário semanal entre outras coisas, é o desejo de Satanás de tirar a menção do nome de Deus da vida das pessoas e do planeta que Ele criou. E Ele parece que está conseguindo neste mundo de pessoas insensíveis, sem amor, sem noção de si mesmo, desejosos do pecado e prontos e preparados pelo diabo para perderem a vida eterna e viverem novamente ao lado do Criador. 1º João 2: 15 ao 17 – 1º João 5: 19
Jesus Cristo trouxe a verdade, a vida eterna, perdão de todos os pecados cometidos e o direito perdido no Paraíso de sermos chamados de filhos de Deus. João 10: 9, 10 e 11 – João 14: 6
Ai está o começo de nossa salvação e de aceitar o Senhor Jesus Cristo como Senhor e Salvador e Redentor de nossas almas, Deus Todo Poderoso como nosso Criador e dizer no próximo Sábado a todos que o rodeia, como família ou não ter a fé ou a coragem de dizer a: “TENHA UM FELIZ SÁBADO”. Orando e santificando este dia em agradecimento pela vida. Marcos 16: 16
Feliz sábado!
LEIA A BÍBLIA
APRENDA MAIS
ORE SEMPRE AGRADEÇA A DEUS PELA VIDA


quinta-feira, 4 de janeiro de 2018





O Filho enviado por Deus
Vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou Seu Filho... para resgatar os que estavam sob a lei, afim de que recebêssemos a adoção de filhos.  Gálatas4:4-5.


Por ocasião do primeiro advento de Cristo, as trevas haviam coberto a Terra, e densas trevas o povo. A verdade olhou do Céu, e em lugar algum pôde discernir o reflexo de sua imagem. Trevas espirituais haviam descido sobre o mundo religioso, e essas trevas foram quase universais e completas...
 Todas as coisas proclamavam que a Terra tinha urgente necessidade de um Mestre enviado por Deus um Mestre no qual a divindade e a humanidade estivessem unidas. Era fundamental que Cristo aparecesse em forma humana, e Se colocasse à dianteira da humanidade, afim de soerguer os seres humanos caídos.
Unicamente assim Deus poderia ser revelado ao mundo. Cristo voluntariamente Se dispôs a pôr de lado Suas vestes reais e coroa majestosa, e vir à Terra a fim de mostrar aos seres humanos o que eles podem se tornar em cooperação com Deus. Ele veio para brilhar em meio às trevas, afim de dissipar as trevas como esplendor de Sua presença... O Pai e o Filho decidiram em consulta que Cristo de via vir a este mundo na forma de um bebê, e viver a vida que os seres humanos têm de viver, da infância à idade adulta, suportando as mesmas provações que eles, e ao mesmo tempo vivendo uma vida sem pecado, para que os homens pudessem ver nele um exemplo do que poderiam tornar-se, e para que Ele pudesse saber por experiência própria como ajudá-los em suas lutas contra o pecado. Ele foi provado como o homem é provado, tentado como o homem é tentado.
A vida que Ele viveu neste mundo os homens podem viver por meio de Seu poder e sob Seus ensinos... Patriarcas e profetas predisseram a vinda de um ilustre Mestre, cujas palavras estariam revestidas de invencível poder e autoridade. Ele pregaria o Evangelho aos pobres, e apregoaria o ano aceitável do Senhor. Ele estabeleceria o juízo na Terra; as ilhas esperariam pelos Seus mandamentos; os gentios seriam atraídos para a Sua luz, e reis para o esplendor de Seu aparecimento.
Ele é “o Mensageiro do concerto”, e “o Sol da Justiça”. ... E “vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou Seu Filho”. Gálatas 4:4. ... O Mestre celestial havia chegado. Quem era Ele? — Ninguém menos do que Filho do próprio Deus. Ele veio como Deus, e ao mesmo tempo como o Irmão mais velho da humanidade.
 Em conformidade com o que Ele ensinava, vivia. ... Ele é aquilo que ensinava. Suas palavras são a expressão não somente da experiência de Sua própria vida, mas de Seu caráter. Não somente ensinava Ele a verdade, mas é a verdade. Era isto que Lhe dava poder aos ensinos. “Eu sou o Caminho e a Verdade e a Vida”
João 14: 6


LEIA A BÍBLIA

APRENDA MAIS

ORE SEMPRE

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018




HAPPY NEW YEAR!

Be responsible.

NA VIDA SE ANDA
E NÃO SE CORRE.


São apenas luzes. São apenas cruzes.
São faróis que vão e vem, também!
Carros velozes na rodovia vagando na noite fria.
São corpos embalsamados em uma lataria,
Cada um com um modelo e um selo de garantia.
Movidos por orgulho pela primazia do potente motor,
Que produz caloria, queima combustível e não tem amor.

Egoísmo no prazer, andar solitário a correr,
Poucos carregam companhia, solidão na noite fria,
Desfilam egoistamente mostrando-se a muita gente,
Desafiando a velocidade do tempo da vida,
Em que em apenas um segundo pode ser perdida.
Irresponsabilidade em viver com a responsabilidade de morrer.
Os que acham que tem asas dentro de um carro, mas as perde na primeira ultrapassagem ou na primeira curva.

                    Francisco Gouveia

FELIZ ANO NOVO!
HAPPY NEW YEAR!
SEJA RESPONSÁVEL
Be responsible.

sábado, 30 de dezembro de 2017

  






Uma prova de lealdade
   Se sabeis essas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes.         
                                                                        JOÃO 13: 17

Este rito do lava-pés foi convertido em rito religioso…Foi posto como alguma coisa para provar e verificar a lealdade dos filhos de Deus. Quando o Israel moderno observa o rito sacramental, esta cerimônia deverá preceder a participação nos emblemas da morte do Senhor. Este rito foi dado para proveito dos discípulos de Cristo. E Cristo pretendia dizer justamente o que disse ao proferirem os Seus lábios as palavras: “Eu vos dei o exemplo, para que, como Eu vos fiz, façais vós também. ... Se sabeis essas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes.” João 13:15, 17.
Ele Se propôs com isto provar o verdadeiro estado do coração e da mente dos que nele participavam. Cristo deu a entender a Seus discípulos que a lavagem de seus pés não removeu o pecado deles, mas que a purificação de seus corações foi provada neste ato de humildade. Se o coração estava purificado, esse ato era tudo que se fazia necessário para revelar o fato. Ele lavar aos pés de Judas; mas dissera: “Vos estais limpos, mas não todos. ” João 13:10.
Judas trouxera para ali um coração de traidor, e Cristo revelou a todos que Ele sabia que ele se tornaria o traidor de seu Senhor, e que a lavagem dos pés dele não era uma ordenança para purificar o coração de sua contaminação moral.
 Quando os crentes se reúnem para celebrar as ordenanças, acham-se presentes mensageiros invisíveis aos olhos humanos. ... Anjos celestes... ali se encontram. Esses invisíveis visitantes se acham presentes em toda ocasião como essa. ... Por Seu Santo Espírito, Cristo ali está para pôr o selo a Sua ordenança. Está ali para convencer e abrandar o coração. Nem um olhar, nem um pensamento de arrependimento escapa a Sua observação. 606
Uma prova de lealdade pelo coração contrito, quebrantado espera Ele. Tudo está preparado para a recepção daquela alma. Aquele que lavou os pés de Judas, anseia lavar todo coração da mancha do pecado. ... Todos quantos ali chegam com a fé baseada em Cristo Jesus, serão grandemente abençoados.
“Em memória de mim”, E, tomando o pão e havendo dado graças, partiu-o e deu-lhe, dizendo: Isto é o Meu corpo, que por vós é dado; fazei isso em memória de Mim. Lucas22:19.
Na última páscoa que nosso Senhor observou com Seus discípulos, Ele instituiu a Ceia do Senhor em lugar da Páscoa, para ser observada em memória de Sua morte.  Passaria para sempre a festa nacional dos judeus. O serviço que Cristo estabeleceu devia ser observado por Seus seguidores em todas as terras e por todos os séculos. Deus não deixou aos homens dizer quem se apresentará nessas ocasiões. Pois quem pode ler o coração? Quem é capaz de distinguir o joio do trigo? “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão, e beba deste cálice.” Pois “qualquer que comer este pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor”. “Porque o que come e bebe indignamente come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.” 1 Coríntios 11:28, 27, 29. ...
Ao recebermos o pão e o vinho simbolizando o corpo partido de Cristo e Seu sangue derramado, unimo-nos, pela imaginação, à cena da comunhão no cenáculo. Afigura-se nos estar atravessando o jardim consagrado pela agonia daquele que levou sobre Si os pecados do mundo. Testemunhamos a luta mediante a qual foi obtida nossa reconciliação com Deus. Cristo crucificado apresenta-Se entre nós. Contemplando o crucificado Redentor, compreendemos mais plenamente a magnitude e significação do sacrifício feito pela Majestade do Céu. O plano da salvação glorifica-se aos nossos olhos, e a ideia do Calvário desperta vivas e sagradas emoções em nossa alma. No coração e nos lábios achar-se-ão louvores a Deus e ao Cordeiro.
“Em memória de mim”, pois o orgulho e o culto de si mesmo não podem crescer na alma que conserva sempre vivas na memória uma prova de lealdade a o Nosso senhor e Salvador.


LEIA A BÍBLIA

APRENDA MAIS

ORE SEMPRE